IFRR terá dois laboratórios de prototipagem para estudantes

por Laura publicado 11/09/2020 10h05, última modificação 11/09/2020 10h05
Campi Novo Paraíso e Boa Vista Zona Oeste foram selecionados em edital do MEC que investirá em equipamentos para laboratórios IFMaker

Em breve, estudantes do Instituto Federal de Roraima (IFRR) vão contar com novos espaços de aprendizagem prática, criativa, inovadora e ativa. Os Campi Boa Vista Zona Oeste e Novo Paraíso foram selecionados no edital da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC de apoio à criação de laboratórios de prototipagem (labs. IFMaker) na Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica. Acesse aqui o resultado final.

Com isso, os campi terão recursos para a montagem de espaços com impressoras 3D, notebooks, kits de robótica, entre outros equipamentos, que permitirão aos estudantes o estímulo à criação e à inovação e o desenvolvimento da cultura learning by doing (aprender fazendo). De acordo com o diretor em exercício da Agência de Inovação (Agif) do IFRR, Wilson Alves, as duas propostas aprovadas preveem a participação de todos os campi nas ações que serão realizadas por meio dos laboratórios IFMaker. “O Campus Boa Vista Zona Oeste submeteu o projeto com apoio do Campus Boa Vista, e o Campus Novo Paraíso recebeu apoio dos Campi Amajari e Avançado Bonfim, o que propiciará a realização de ações colaborativas entre as cinco unidades, sendo previsto, assim, o atendimento de estudantes de todos os campi da instituição”, contou.

A edital da chamada pública que selecionou os campi se divide em duas fases. Nesta primeira, de estruturação, serão investidos recursos na aquisição de equipamentos para a montagem dos labs. IFMaker em 2020. No IFRR, os dois espaços vão contar com um investimento total de R$ 215.700. Na segunda fase, que ocorrerá em 2021, o foco será ampliar os laboratórios já instalados e em funcionamento.

Em Roraima, as propostas contempladas foram dirigidas pela Coordenação de Pesquisa dos Campi Boa Vista Zona Oeste e Novo Paraíso, com suporte da Agif. Alves esclareceu que a intenção é utilizar os espaços para maximizar as ações que norteiam o ensino-aprendizagem, proporcionando aos estudantes do IFRR e a toda a comunidade atendida um espaço para o protagonismo de novas ideias e criações. "Os laboratórios irão contribuir para o desenvolvimento de competências como criatividade, proatividade, autonomia, liderança e empatia, além de aumentar o engajamento em relação ao conteúdo didático”, pontuou.

 

Ascom/Reitoria
Laura Veras
11/9/2020
« Outubro 2020 »
month-10
Do Se Te Qu Qu Se Sa
27 28 29 30 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31