SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA – CBVZO promove mesa-redonda com mulheres negras abordando mercado de trabalho

por Sheneville Cunha de Araújo publicado 19/11/2021 10h55, última modificação 24/11/2021 09h18
O evento é aberto a toda a comunidade acadêmica, além do público externo, e a iniciativa surgiu para valorizar o protagonismo da mulher negra na sociedade

Marcada para as 19h30 do dia 22 de novembro, a mesa-redonda “Mulheres negras e o mundo do trabalho: experiências e reflexões” será promovida pelo CBVZO por meio da plataforma Google Meet e transmitida pelo canal oficial da unidade de ensino do IFRR no YouTube: CBVZO Campus Boa Vista Zona Oeste.

Farão parte da programação do evento, mediado pelos professores do CBVZO Clarice Alves e Vitor Resende, a publicitária Alana Pereira, a atriz Barbara Garcia, a professora Cintiara Mara e a psicóloga e escritora Dóris Soares.

Para participar, os interessados devem acessar o link bit.ly/mulheresnegrascbvzo e efetuar a inscrição. Com carga horária de duas horas, o evento terá certificados emitidos pelo IFRR aos participantes.

Segundo a coordenadora da ação, professora do CBVZO Clarice Gonçalvez, o evento é aberto a toda a comunidade acadêmica, além do público externo, e a iniciativa surgiu para valorizar o protagonismo da mulher negra na sociedade.

“A discussão visa desconstruir estereótipos e promover uma reflexão sobre a cultura machista e como é possível combatê-la no cotidiano do mundo do trabalho. Para isso, convidamos mulheres pretas bem-sucedidas para incentivar nossos estudantes e outros jovens no mundo do trabalho, diante de exemplos profissionais exitosos”, explicou Clarice.

Ela ressalta que, apesar das dificuldades que a população negra enfrenta, a expectativa é que os participantes possam, a partir dos casos de sucesso apresentados, se sentir mais encorajados a enfrentar as barreiras apresentadas no decorrer da vida profissional em busca de um lugar no mundo do trabalho.

“Esperamos que, tendo a mulher negra em foco, possamos estimular nossos jovens e nossas jovens a se sentirem valorizados e estimulados, pois as experiências que serão apresentadas demonstram a força e a independência que todas as mulheres podem ter”, comentou.

« Novembro 2021 »
month-11
Do Se Te Qu Qu Se Sa
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 1 2 3 4
  

 

inscreva_se aqui 2017_1