Reunião entre IFRR e representação diplomática na Guiana discute abertura de curso de português

por Sofia Lampert publicado 19/06/2019 16h55, última modificação 19/06/2019 16h59
O encontro teve como objetivo discutir sobre a possibilidade de implantação de um curso de Português como Língua Adicional (PLA), também conhecido por Português como Língua Estrangeira (PLE), voltado ao contexto profissional da polícia de fronteira

Na tarde desta terça-feira, 18, a reitora do Instituto Federal de Roraima (IFRR), professora Sandra Mara Botelho, recebeu a visita da vice-cônsul do Brasil em Lethen, Guiana Inglesa, Lisa Mary Sousa dos Reis. A representante diplomática esteve acompanhada do agente de Polícia Federal Rafael Pacheco para solicitar a implantação de um curso de Português como Língua Adicional (PLA), também conhecido por Português como Língua Estrangeira (PLE).

Como público-alvo do curso de formação estão 20 policiais guianenses que atuam na cidade de Lethen, fronteira com o Brasil. O curso, voltado ao contexto profissional da polícia de fronteira, trataria da língua portuguesa para situações cotidianas de abordagem e patrulhamento vivenciadas por esses policiais.

O IFRR estuda a possibilidade de oferecimento do curso pelo Campus Avançado Bonfim (CAB), em razão da proximidade com a fronteira. Uma comissão será formada para a elaboração do Projeto Pedagógico de Curso em Parceria (PPCP).  A intenção é que, após a primeira turma, mais 40 policiais recebam o treinamento.

 
Ascom/Reitoria
Fotos: Gildo Júnior
19/6/19
« Novembro 2019 »
month-11
Do Se Te Qu Qu Se Sa
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30