Unidades do IFRR participam de Movimento Nacional em Prol da Educação

por Bruna Dionísio Castelo Branco publicado 14/05/2019 17h30, última modificação 15/05/2019 14h05
O “Abraçaço” reuniu estudantes, docentes e servidores técnico-administrativos em um abraço simbólico para representar a luta pela educação pública

Na última segunda-feira, 13, os cinco campi e a Reitoria do Instituto Federal de Roraima realizaram atos em defesa da educação. O “Abraçaço” reuniu estudantes, docentes e servidores técnico-administrativos em um abraço simbólico para representar a luta pela educação pública.

 

Campus Boa Vista realizou a ação  pela manhã
Campus Boa Vista realizou a ação pela manhã

 

No Campus Boa Vista (CBV) e na Reitoria, o “Abraçaço” foi realizado pela parte da manhã. Campus Amajari e Campus Novo Paraído realizam o ato a tarde. Também aderiram ao movimento estudantes e servidores do Campus Boa Vista Zona Oeste (CBVZO).

 

Estudantes e servidores do Campus Boa Vista Zona Oeste também aderiram ao movimento
Estudantes e servidores do Campus Boa Vista Zona Oeste também aderiram ao movimento

 

Servidores da Reitoria também participam de ato. Ação aconteceu no anfiteatro do prédio
Servidores da Reitoria também participam de ato. Ação aconteceu no anfiteatro do prédio

 

No Campus Novo Paraíso, o ato foi realizado em dois momentos, para que comunidade acadêmica pudesse participar
No Campus Novo Paraíso, a comunidade acadêmica aderiu o ato.

 

O Campus Amajari também se mobilizou pela causa. O ato ocorreu nos dois turnos.
O Campus Amajari também se mobilizou pela causa.

 

Campus Avançado do Bonfim – Para o CAB, o ato teve uma simbologia especial. Estudantes, egressos e servidores tiveram a oportunidade de conhecer a sede oficial do campus, cuja construção está sendo concluída. Desde sua implantação, o CAB funciona provisoriamente na Escola Estadual Argentina Castelo Branco.

Sulamiris Souza, ex-aluna do curso Técnico em Administração, foi uma das egressas que participaram do ato. Mesmo já formada, a jovem quis integrar a ação. “Pra mim essa é uma conquista muito grande. Mesmo que eu já tenha me formado, fico feliz de ver o prédio pronto e saber que novos alunos vão desfrutar desse espaço”, confessou. A técnica conta que foi bolsista quando era estudante e diz que o corte de 30% nas verbas da educação poderá prejudicar muitos alunos que necessitam da bolsa para permanecer estudando.

Estudantes e servidores do Campus Avançado do Bonfim realizam ação em prédio que funcionará a instituição de ensino
Estudantes e servidores do Campus Avançado do Bonfim realizam ação em prédio que funcionará a instituição de ensino

 

Para a diretora-geral do campus, professora Leila Ghedin, o ato é uma maneira de fortalecer o movimento que está sendo desenvolvido no resto do País. “Eu tive toda a minha formação em instituições públicas, desde o ensino básico até o doutorado. Acredito que só cheguei aonde estou graças à educação pública e gratuita”, revelou. 

Abraçaço em futuras instalações do CAB
Abraçaço em futuras instalações do CAB

Segundo ela, realizar o movimento na sede própria do CAB causa emoção. “Há um ano o prédio ainda não tinha cobertura, e agora, nos ajustes finais, é a primeira vez que muitos alunos e servidores podem ver o resultado de nossa conquista”, comentou. O prédio do Campus Avançado do Bonfim deve ser entregue em meados de junho.

 

Ascom/Reitoria
14/5/19
« Setembro 2019 »
month-9
Se Te Qu Qu Se Sa Do
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 1 2 3 4 5 6