Setec/MEC apresenta programa Novos Caminhos em campi do IFRR

por Rebeca publicado 13/03/2020 16h55, última modificação 16/03/2020 08h27
O programa pretende potencializar a educação profissional e tecnológica no País com incremento de 80% nas matrículas em quatro anos
Setec/MEC apresenta programa Novos Caminhos em campi do IFRR

Reitora Sandra Mara e o assessor da Setec, Samuel Carvalho

Até esta sexta-feira, 13, o assessor especial da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), do Ministério da Educação, Samuel Carvalho de Aragão, percorreu os campi do Instituto Federal de Roraima (IFRR) para apresentar o programa Novos Caminhos. Acompanhado pela reitora Sandra Mara Dias Botelho, ele fez reuniões com servidores e alunos, e participaram de algumas delas prefeitos, vereadores e secretários municipais.

Lançado em outubro de 2019 pelo Ministério da Educação, o programa pretende potencializar a educação profissional e tecnológica no país com incremento de 80% nas matrículas em quatro anos. A meta é subir de 1,9 milhão para 3,4 milhões de matrículas até 2023, segundo dados divulgados durante o lançamento. O Novos Caminhos abre novas oportunidades e novos cursos com foco nas demandas do mercado e nas profissões do futuro.

O programa já tem garantido um orçamento de R$ 550 milhões para investimentos até 2023, conforme Carvalho, e nessa segunda etapa de pactuação, que começa no dia 15 de março e se estende até julho de 2020, serão destinados recursos às secretarias estaduais de educação e à Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica do País, com prioridade de atendimento à Amazônia.

Ele explicou que quem vai encaminhar as demandas dos campi é a Reitoria. “As demandas serão condensadas nas reitorias, que é de onde vão sair todos os projetos a serem encaminhados à Setec. Os campi vão trabalhar com as demandas de cursos das prefeituras e dos próprios campi para encaminhá-las à Reitoria, que será responsável por condensar e encaminhar um projeto único do estado”, disse.

Com a pactuação, serão ofertados, no mínimo, cursos de formação inicial e continuada (FIC), que têm carga horária de 160 horas, e o aluno terá direito a uma bolsa. Mas o programa também prevê recursos para atender à formação de professores, tanto dos municípios como dos estados, e à Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Carvalho explicou que o diferencial do Novos Caminhos será começar o curso com 60% do valor depositados por meio de Termo de Execução Descentralizada (TED). “Os recursos são descentralizados e não fazem parte dos orçamentos dos institutos federais. Esse é o grande diferencial, porque o curso já vai começar com 60% dos recursos em conta”, afirmou.

Os servidores da Rede Federal poderão aderir ao programa com direito a receber pelo serviço prestado, desde que essa participação não afete a sua carga horária. “A adesão é livre, ninguém é obrigado a participar, mas, em hipótese nenhuma, o programa pode ser executado durante o horário de expediente do servidor. Então, cada um tem que avaliar, porque a nossa prioridade é que nossos servidores participem, mas apenas se isso não afetar a qualidade do serviço que prestamos hoje, que é considerado referência no País”, comentou Carvalho.

Acompanhando todas as reuniões, a reitora do IFRR, Sandra Mara, reforçou que nessa segunda etapa, a Rede Federal ganha papel de protagonista, cabendo aos campi, se assim decidirem, desenvolver ações em parceria com as prefeituras. “A participação de gestores municipais é justamente para reforçamos que precisamos dessa parceria. Nossas instituições são referência, nossa marca é forte, mas nada disso tem sentido se os atores ao nosso redor não tiverem as mesmas condições de acesso. E daí surge essa oportunidade de fazermos a diferença”, disse.

 

IFRR vai oficializar pedido às prefeituras para encaminhamento de demandas

 

A reitora, Sandra Mara Dias Botelho, informou, durante às reuniões, que na próxima semana a Reitoria vai encaminhar ofício às secretarias e às prefeituras oficializando a reunião e pedindo que as secretarias municipais de educação apresentem as demandas de cursos FICs para oferta pelo IFRR. “A partir da demanda enviada é que vamos começar elaborar o plano de trabalho que será encaminhado à Setec”, disse.

Reitora Sandra Mara

Na reunião no Campus Novo Paraíso, sul do estado, realizada dia 11 de março, além da comunidade acadêmica e de secretários municipais de Educação de municípios da região, participaram o prefeito de Caroebe, Argilson Pereira Martins, e a prefeita de Caracaraí, Socorro de Lima Guerra.

Sobre o programa, a prefeita Socorro avalia, pelo que foi apresentado, que a tendência é trazer coisas novas para município e propiciar às pessoas que não têm um curso profissionalizante a oportunidade de tê-lo. “Eu recebo a notícia desse programa do governo federal com muito entusiasmo. Essa oportunidade dará ao município, dentro de dois ou três anos, se a gente trabalhar com afinco, uma reviravolta na profissionalização do nosso povo”, comentou.

O diretor-geral do Campus Amajari (norte de Roraima), Sterfson George Barros, acredita que, ao pagar uma bolsa para o aluno, o programa já começa com muitas chances de dar certo. “No Programa Mulheres Mil, iniciamos com 120 mulheres e terminamos com 117, devido ao pagamento de uma bolsa, que ajuda muito. Sabemos que muitas pessoas, em especial em comunidades indígenas, precisam muito, e receber essa bolsa faz toda a diferença”, comentou.

ReitoraSandraMaraassessordaSetecSamuelCarvalhoeodiretordoCAMSterfsonBarrosFtsNenzinhoSoares6.JPG
Reitora Sandra Mara, assessor da Setec Samuel Carvalho e o diretor do CAM , Sterfson Barros

O secretário municipal de Educação do Amajari, Anderson Dias Almeida, ressaltou a dificuldade que os municípios têm de ofertar formação adequada tanto para professores quanto para a comunidade. Declarou que o programa surge como uma boa oportunidade para isso. “Temos demandas de formação de 150 professores, fora o pessoal de apoio. Então, devemos, sim, aproveitar programas e oportunidades para atingir mais pessoas”, disse.

 

 

Ascom/Reitoria
Rebeca Lopes
Fotos: Márcio Patrício, Nenzinho Soares
13/3/2020
« Junho 2020 »
month-6
Do Se Te Qu Qu Se Sa
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 1 2 3 4