Servidores e alunos comemoram seis anos de funcionamento do CBVZO

por Rebeca publicado 08/10/2019 10h27, última modificação 08/10/2019 10h27
No dia 7 de outubro de 2013, o MEC autorizou o funcionamento do CBVZO, criado com o objetivo de atender a população da zona oeste da Capital, Boa Vista

O Campus Boa Vista Zona Oeste (CBVZO) é uma das cinco unidades do Instituto Federal de Roraima (IFRR) implantadas na Capital e no interior de Roraima. Nesta segunda-feira, 7, servidores, alunos e terceirizados comemoram o aniversário de seis anos de existência da unidade.

A programação de aniversário teve apresentação musical do projeto Primeiro Acorde e fala de agradecimento pelo professor Jonierison Pontis. O reitor em exercício do IFRR, Nadson Castro, e a diretora-geral do CBVZO, Maria Aparecida Medeiros, também se pronunciaram. A ação foi encerrada com os participantes cantando parabéns.

No dia 7 de outubro de 2013, o MEC autorizou o funcionamento do CBVZO, criado com o objetivo de atender a população da zona oeste da Capital, Boa Vista, visando promover o desenvolvimento da região e a inclusão das comunidades. Atualmente a unidade conta com 368 alunos e 70 servidores.

Funcionando em sede própria desde fevereiro de 2018, o campus aguarda a confirmação pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC) da data de inauguração da primeira etapa das instalações.

Ofertando cursos técnicos de Comércio e Serviços Públicos integrados e subsequentes ao ensino médio, em agosto deste ano a unidade deu início às aulas do seu primeiro curso superior, o de Tecnologia em Gestão Pública. Além disso, em junho último, aplicou pesquisa para a oferta de cursos em um novo eixo tecnológico de atuação, o de Produção Cultural e Design.

A pesquisa foi dividida em duas seções, uma para os cursos técnicos (nível médio) e outra para os de tecnologia (nível superior). Por meio de 510 respostas, a comunidade demonstrou maior interesse nos cursos técnicos em Multimídia, Publicidade e Produção de Áudio e Vídeo. No nível superior, os cursos de tecnologia mais votados foram Design Gráfico, Fotografia e Design de Animação.

Com o relatório da pesquisa em mão, a equipe técnico-pedagógica do CBVZO iniciou os procedimentos para a elaboração do Projeto Pedagógico de Curso (PPC) Técnico em Multimídia ou Publicidade na modalidade subsequente. Depois de concluído, o documento será encaminhado ao Conselho Superior (Consup) para análise e votação. A previsão é que um desses cursos seja ofertado a partir do primeiro semestre de 2020.

Segundo a diretora-geral da unidade de ensino, apesar do contingenciamento de recursos, espera-se receber novos docentes, um de Design Gráfico e dois de Publicidade e Propaganda, o que vai permitir à unidade de ensino atuar na oferta de cursos no eixo formativo Produção Cultural e Design.

Quanto à oferta dos três cursos tecnológicos mais bem colocados na pesquisa, Maria Aparecida explicou que as informações geradas pela consulta pública vão fornecer subsídios para que, bem mais à frente, a unidade possa projetar essa oferta. Conforme ela, a oferta deve atender ao que está previsto no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI).

 

 

Rebeca Lopes
Fotos: Nenzinho Soares
Ascom/Reitoria
7/10/19
« Outubro 2019 »
month-10
Do Se Te Qu Qu Se Sa
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2
  

 

inscreva_se aqui 2017_1