Estudantes do CBVZO estão capacitados para se tornar empreendedores

por Sheneville Cunha de Araújo publicado 18/12/2018 18h05, última modificação 18/12/2018 18h03
Mais de 60 estudantes do Campus Boa Vista Zona Oeste passaram pelo projeto despertar do Sebrae e podem agora se tornar jovens empreendedores
Estudantes do CBVZO estão capacitados para se tornar empreendedores

Os estudantes foram certificados pelo Sebrae para empreender

 

Depois de passarem 60 horas participando de aulas expositivas em sala e atividades extraclasse e 10 horas na Feira do Jovem Empreendedor, do programa Despertar, provido pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), 63 estudantes dos cursos técnicos de Comércio e de Serviços Públicos integrados ao ensino médio do CBVZO (Campus Boa Vista Zona Oeste) do IFRR (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima) agora estão preparados para empreender.

Por meio dessa parceria com o Sebrae, conceitos sobre empreendedorismo e ferramentas para empreender foram ensinados aos participantes da capacitação. A intenção, segundo o coordenador do curso, professor Wilson Alves, é que esses adolescentes levem os conhecimentos adquiridos para além da atuação no comércio ou no setor público – para a vida como cidadãos.

Segundo ele, os conteúdos e os exercícios abordados com os estudantes foram nas áreas de criatividade, oportunidades, ideias de negócios, mundo do trabalho, escolhas e decisões, sonhos e metas, administração do tempo, comunicação e trabalho em equipe. E agora, ao fim da capacitação, todos já estão preparados para começar a empreender na carreira e na vida.

A estudante Ana Beatriz Gicquel disse que, para ela, passar por esse curso foi um momento muito interessante e diferente, pois antes não tinha tido acesso a capacitações. “É importante que o instituto nos dê essa oportunidade, pois nem sempre temos acesso a cursos que nos capacite para nossa vida profissional. Além do que, essa é uma capacitação que não é muito fechada. Ao contrário, ela nos dá muitas ferramentas para aplicarmos em diversas áreas de nossa vida, não só para sabermos empreender no comércio, mas também para sabermos nos colocar no mercado de trabalho e nos aperfeiçoar”, destacou.

O estudante Gabriel Chaves considera que o curso foi enriquecedor. O que aprendemos com o Despertar pode contribuir muito não só para nossa melhoria profissional mas também para nossa transformação como agentes sociais, além de nos fazer ver que temos capacidade para enfrentar os desafios, identificando os problemas e buscando as soluções sempre”, comentou.

Gustavo Oliveira, que também participou da capacitação, considera gratificante a oportunidade e acredita que, a partir de agora, está mais preparado para enfrentar o mercado de trabalho. “Além de ter me ajudado na vida acadêmica e pessoal, tenho certeza de que fará a diferença na minha vida profissional também, pois não só enriqueceu meu currículo como também me capacitou de verdade para trabalhar de maneira organizada, planejada e criativa. Sei que agora estarei mais perto de atingir minhas metas”, declarou.

Para o coordenador do projeto no CBVZO, professor Wilson Alves, o Despertar foi um marco, pois contribuiu para a formação de vários alunos que nunca tinham tido contato com o empreendedorismo. “Esses alunos demonstraram grande afinidade com o tema, sendo isso visível no momento das apresentações. E, na Feira do Jovem Empreendedor, pudemos ver o resultado de todos os encontros sendo colocados em prática. Realmente foi muito gratificante vislumbrar os alunos sendo empreendedores, desenvolvendo seus negócios e colocando a mão na massa”, observou.

 

Sheneville Araújo

Fotos: Gildo Jr

CCS/Campus Boa Vista Zona Oeste

18/12/18

« Junho 2019 »
month-6
Se Te Qu Qu Se Sa Do
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
  

 

inscreva_se aqui 2017_1