“UM CAMINHO PARA A VIDA” - Projeto de educação no trânsito leva orientação a estudantes do CBVZO

por Sheneville Cunha de Araújo publicado 06/09/2016 17h50, última modificação 08/09/2016 11h58
O objetivo do projeto é conscientizar sobre a realidade e necessidades do trânsito, além de influenciar na melhoria da formação de condutores e pedestres
“UM CAMINHO PARA A VIDA” - Projeto de educação no trânsito leva orientação a estudantes do CBVZO

Alunos autores do projeto querem incentivar a tomada da consciência das leis e normas de trânsito, além do exercício do respeito, prática da solidariedade, amor a vida e ao próximo

Teve início, na tarde desta terça-feira, dia 6, a rodada de palestras sobre educação no trânsito, fruto do projeto “Educação no trânsito – Um caminho para vida”, executado pelo Programa Institucional de Bolsa Acadêmica de Extensão do IFRR. Os estudantes Cintya Cruz e Rhian Araújo começaram as atividades levando orientações aos alunos do Campus Boa Vista Zona Oeste (CBVZO), onde estudam, e posteriormente deverão ampliar o alcance do projeto, levando informações aos moradores do Conjunto Cidadão, onde a unidade de ensino nasceu e está em processo de implantação.

Segundo os autores, o objetivo do projeto é sensibilizar os usuários do trânsito do entorno do campus e da Escola Estadual Elza Breves de Carvalho sobre o fato de que o trânsito inseguro vem matando, mutilando e dificultando a vida de muitos cidadãos, sendo necessário promover o conhecimento da realidade e das necessidades locais. Para isso, eles pretendem atuar de maneira a incentivar a tomada de consciência acerca das leis e das normas que devem ser obedecidas, além do exercício do respeito, da prática da solidariedade, do amor à vida e ao próximo.

A professora Elaine Ramires, orientadora do projeto, explicou que a intenção é que os alunos envolvidos  disseminem as informações e os dados obtidos, por meio das pesquisas realizadas, promovendo, para o maior número de pessoas, conhecimentos necessários, por meio da educação, para mudar a realidade do trânsito. “Esperamos que, com as ações do projeto, possamos formar pessoas que possam vir a ser melhores motoristas”, comentou.

Cintya e Rhian apresentaram aos colegas estatísticas de trânsito, imagens e dados a respeito de causas de acidentes, como imperícia, imprudência e negligencia, e destacaram informações a respeito das leis e das normas para conviver em um trânsito seguro.

Para a estudante Graziela Colares, do curso Técnico de Serviços Públicos, que pela primeira vez participou de uma palestra com essa temática, a iniciativa dos colegas é necessária, pois, com os exemplos e as informações apresentados, é possível chamar mais a atenção das pessoas envolvidas (pedestres e motoristas), além de promover mais responsabilidade entre todos.

O estudante Luindson Pessoa, também do curso Técnico de Serviços Públicos,  acredita na importância da palestra, visto que, para ele, iniciativas como essa podem contribuir para aumentar o nível de conhecimento de todos sobre os problemas que tornam o trânsito inseguro e influenciar para que todos dirijam com mais cuidado.

Novas palestras serão marcadas para outras turmas do CBVZO, e, depois de encerrada essa etapa, os estudantes partirão para o Conjunto Cidadão, onde outras abordagens serão realizadas, visando promover a educação no trânsito para o maior número de moradores do local.

 

SHENEVILLE ARAÚJO
CCS/Campus Boa Vista Zona Oeste
6/9/2016

 

 

 

 

 

 

 

« Setembro 2019 »
month-9
Se Te Qu Qu Se Sa Do
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 1 2 3 4 5 6
  

 

inscreva_se aqui 2017_1